11.6.15

Dia dos Namorados, Filme, Pipoca, Chocolate e Brigitte


Depois do post de dia dos namorados, acho que deveria falar algo pra quem vai passar esse dia na solteirice e tá sem ideias do que fazer. É interessante como nesse dia a gente fica, sim, mais carente e mais pensativa. A questão da carência é ok, entendível - o ser humano É carente. Mas o pensar complica. Não existe um botãozinho de ligar e desligar e nem outro que regula o tipo de pensamento. E aí as ideias fluem. No meu caso tem fluído cada dia mais e ao se aproximar dessa data, tenho cada dia mais certeza que o dia dos namorados devia ser algo seu com você mesma.
Uma amiga me falou que iria casar. Pela terceira vez. Dessa vez porque o cara era interessante. Perguntei, na minha ingenuidade: "Você vai casar porque o cara é interessante e não o amor da sua vida?". Ela logo me respondeu, sabiamente: "Amiga, eu sou o amor da minha vida". Tapa na cara. Desde então tenho pensado nisso constantemente. Pra algumas pessoas, é algo tão simples e para outras é algo extremamente complexo - como disse, o ser humano é carente. Alguns mais, alguns menos, mas a questão é: a gente tem que ser o amor da nossa vida. Então, nada mais certo do que nesse dia nos mimarmos, não é? Se dê um presente, aquele que você quer. Faça algo que você goste: cinema, filme em casa. Esteja com quem você ama e SABE que esse amor vai durar pra sempre: amigas, mãe, cachorro. Ou então tire esse dia pra você. Desligue o celular, sai de whatsapp e redes sociais por um dia, fique off e vá passear, curtir um parque que você queira conhecer, faça algo que sempre quis fazer e nunca teve coragem. Tenha "um dia de princesa", cabelo, unha, mude o corte, escolha uma cor diferente, ouse! Quem sabe um dia de spa? Uma massagem relaxante, algo mais calmo. Seja o amor da sua vida e SE mime, se ame, se goste. Faça o que te faz feliz.

Não tô dizendo pra você ficar sozinha e ser feliz assim, pronto, acabou. Eu não tenho muito problema em aproveitar as coisas sozinha. Gosto de ir ao cinema sozinha, gosto de sair pra comer sozinha, já quase viajei sozinha, mas tive um imprevisto de última hora na época. Se você não se sente confortável pra isso, chame alguém que você goste. Mãe, prima, tia, madrinha, primo, irmão, não interessa quem, sendo alguém que você gosta de estar ao lado. Ou então faça uma noite do pijama com amigas e vinhos, será gargalhada na certa. 
Amor de namorado não nos preenche, não nos completa, ele acrescenta - na teoria. Ninguém nasceu namorando, então não tem porque não conseguir viver sem isso. Mas outros amores nos preenchem e nos completam. Aliás, queria minha mãe pra ficar grudada nesse momento.

Então, passarei assim, agarradinha com meu amor, Brigitte, já que mamis está longe. Sem sofrência, sem tristezas e sem pesares. Dia dos namorados - por incrível que pareça - é um dia de amor e nada melhor do que passar com quem se ama e está ao seu lado.

9.6.15

9 Presentes Criativos Para o Dia Dos Namorados

Dia dos namorados chegando e resolvi juntar dois posts que fizeram super sucesso aqui no MSA em um só: presentes criativos AND baratos para o dia dos namorados!

Não sabe o que dar? Tá sem grana? Sem criatividade? Sem tempo pra procurar algo legal? Vem que te ajudo!

1. Baralho do amor
Esse baralho dá pra fazer com um baralho velho que tá aí, jogado na sua casa, sem serventia, faltando cartas. Faça recortes de coisas significativas pra vocês. É super íntimo e com certeza será um sucesso. É algo pra se ler diariamente, pra recordar o sentimento e o porquê dele. =)

2. Caderno Romântico

Sabe aqueles cadernos velhos, que a gente só não joga fora porque ainda tem folha branca sobrando e a gente JURA que ainda vai usar? Então, ele tá esperando pra ser usado exatamente pra isso. Escreva frases, músicas, cole gravuras de locais que vocês visitaram, algo que lembre o primeiro beijo, o primeiro olhar. Tem coisa mais gostosa que relembrar?

3. Cesta

 "Ah, que coisa mais batida!" Batida seria se já comprasse pronta! Porém, essa cesta será feita com coisas que vocês gostam e se identificam. E o melhor: de acordo com a situação financeira de cada um. Aí vai da imaginação de cada pessoinha e de acordo com a história de amor de cada um!

4. Cupons de Amor

Esse presente é super criativo! Faça vales com as coisas que vocês mais gostam. Compre papel de carta, ou então faça em cartolina mesmo, que é mais resistente. Corte no formato de cupons e escreva os vales: "Vale um beijo", "Vale um abraço", "Vale uma conta de barzinho paga", "Vale uma massagem". É só soltar a imaginação!

5. Bilhetinhos 
Esse presente é um sucesso total! Pegue uma caixa, enfeite-a de fotos de vocês e encha de bilhetinhos. Você pode escrever frases de vocês ou fazer desenhos de bonequinhos fazendo coisas que fazem você amar a pessoa. Se namora há pouco tempo, faça, por exemplo: 78 motivos para amar você (que conta os dias desde o início do namoro) e coloque nesses bilhetinhos tudo que vocês já viveram até lá e foi especial de alguma forma. 
6. Cupcakes personalizados
 
Cupcake é um trem que todo mundo gosta e o mais bacana é que dá pra personalizar de acordo com cada um, sua história, brincadeiras, músicas e tal. É uma ótima dica para chocólatras de plantão. Dá pra escolher o sabor de acordo com o gosto do casal e fazer essas tags da segunda foto com frases de músicas, brincadeiras e muitas outras coisas!
7. Motivos para Amar você
Já fiz esse presente duas vezes, mas com motivos e em situações bem diferentes (não precisa necessariamente de 365 motivos. Pode ser o tempo de namoro, de anos, meses...enfim!). E sempre foi um sucesso, porque de certa forma remete o casal à situações que só eles viveram e é especial para ambos. É uma ótima forma de reacender a paixão e ficar ainda mais apaixonado pelo love. Aqui vale fazer uma caixinha com o que está disponível em casa. Pode-se customizar uma caixa de sapato, enfeitá-la toda e decorar de acordo com a história do casal. Os bilhetinhos com as frases podem ser trocados por desenhos, situações, etc. Vai da imaginação de cada um. ;)
8. Mural de Notas
Outra ideia criativa é fazer um mural de notas com frases românticas e (sempre bato nessa tecla) importantes para os dois. Esse modelo de varal é muito lindo e diferente e o legal é que dá pra ir trocando as notas sempre! Mas dá pra fazer com quadro de fotos com ímãs ou cortiça! 
9.  Kit Para Abrir Meu Coração (Lilou)

Achei num site essa ideia fantástica e SUPER copiável! É um kit lindo contendo os seguintes itens:
- uma caderneta de lembranças,
- um potinho para aprisionar pensamento ruins,
- fósforos + papel para escrever e queimar as atitudes negativas,
- um tag/cartão com o texto explicativo:
"O coração é o bem mais precioso.
Ao pulsar ele dá força, movimento, emoções…  ele dá vida. Você é privilegiado (a) por ter a chance de morar dentro dele, mas os caminhos para abri-lo, têm alguns mistérios:
_Faça os momentos bons se tornarem lembranças eternas;
_Aprisione os pensamentos ruins onde eles nunca possam atingi-lo;
_Queime e esqueça as atitudes negativas;
_Principalmente, cuide e zele por ele.
Agora que tem a chave, que tal abrir?"
- e a CHAVE PARA ABRIR O SEU CORAÇÃO.
Lindo, né?
Beijas!

8.6.15

Aquele Belo Horizonte

Anos atrás, uma prima que mora há tempos na Espanha veio visitar a família aqui em BH. Aconteceu uma reuniãozinha na casa da minha bisavó e quando pegamos carona pra ir embora, minha prima nos acompanhou, pois queria ver minha mãe-vó. Lembro de estar ao lado dela no banco de trás do carro. Ela não conversava. Estava com um sorriso de lado, o olhar brilhando, o dedo indicador no lábio inferior, tentando, penso eu, não perder nenhum detalhe. Detalhes estes que ela já conhecia, mas há muito tempo não via. Fiquei com aquela imagem na cabeça e aquela situação. Hoje entendo o que ela passou e pensou ali. 

Desde que me mudei, é a terceira vez que fui em BH. A primeira vez foi péssima e não compensa falar, abstraí. A segunda vez, foi dia das mães. Fiz uma surpresa pra minha e fui. Aquele sorriso em seu rosto fez ir embora qualquer sentimento ruim, qualquer tristeza, qualquer chateação. Apesar de alguns pesares, foi uma boa estadia e guardei no coração momentos que tive aqui. Agora, nessa terceira, não sabia como seria. Mas o sentimento que me inundou enquanto escrevia aqui e olhava pela janela do bus uma BH ensolarada - com bares e salões de beleza em cada esquina - e que me traz tantas memórias boas, é um sentimento bom. Sentimento de não querer perder de vista nenhum detalhezinho quando o sinal tá vermelho. É a cidade que me preenche, que me leva há épocas especiais e me acolhe,  como minha mãe ao me ver.
Me conforta chegar em BH, olhar o horizonte e ver a Serra rodeando a cidade. Me conforta ver os vendedores, ver as lojas, ver essa cidade grande com cara de roça. Chegar no bairro que cresci e ver rostos antigos, conhecidos e sorrindo pra mim com um cumprimento. Chegar na casa da minha mãe e ter aquele abraço, aquele afago, aquele amor único e  ver que não importa a distância, gritar "mãe " tem um gosto especial. Me conforta o sorriso dos amigos ao me ver, o abraço apertado de familiares e meu afilhado correndo pros meus braços.

Deitada, com a TV na novela,  com o cheiro da comida da minha mãe, na casa que morei desde que saí do hospital, no bairro que tanto amo e na cidade que tanto venero, me trazem um sentimento inigualável e intenso, enquanto escrevo uma parte desse texto. 

De volta à realidade, termino aqui meus dias de descanso e de intensidade. Recarregada de amor materno, do amor de amigos e até de quem nunca vi, mas que compartilha comigo das vistas lindas que BH pode proporcionar. Recarregada de gargalhadas, de histórias pra contar, de abraços, de serras, de horizontes e de saudades.

Fica aí, lindo horizonte. Já já eu volto.

1.6.15

Como usar meia-calça

Eu tenho uma séria dificuldade em fazer looks com meia-calça sem ser preta. Não sei o motivo. Tenho uma cinza canelada e acho uma complicação no visual. Não sei que roupa usar, não sei que sapato usar e nem sei em que tempo usar (chuva, frio demais, frio ameno). Daí eu sempre coloco e tiro. Mudo o look todo por ficar com preguiça, confesso.

Mas, como algumas peças na minha vida, isso se tornou um desafio. Teve um dia que fiz um look tão legal com a meia, que pensei em fazer esse post pra ajudar quem tem essa dificuldade (espero não ser a única a ter! kkk) a criar looks diferentes, divertidos e sair da mesmice e facilidades que uma meia-calça preta e lisa pode trazer. Além dessa básica, tem muitas meias legais - dá vontade de fazer coleção! - que dão um up no visual e traz um diferencial ao look.

Vem ver:

Texturizada
Meu look com a meia-calça-cinza-que-complica-minha-vida:

Colorida

Estampada
 
Considerações finais:
  1. Tô mais segura agora pra usar meia-calça sem ser preta e lisa;
  2. PRECISO de uma meia-calça colorida - pirei nas combinações e já prevejo looks legais e coloridos pra minha pessoa;
  3. EU QUERO UMA MEIA-CALÇA DE ONCINHA. Gente, que combinação linda essa de vestido preto + meia + all star vermelho (logo, preciso de um all star vermelho and vestido preto); *_*
  4. Quer investir numa meia-calça estampada mais discreta, invista na de poá. É a mais simples de compor look e fica linda e delicada.
Beijas!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...